Céu de chumbo (EP)

by Outono

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
3.
04:30
4.
5.
04:29
6.
7.
8.
05:10

about

Boneco de vento Records (BNV), 2015.
BNV#008

credits

released March 30, 2007

Outono_
Giliard Monteiro
Leonardo Leopoldo
Bode
Paulo Marinho

Produzido por Outono e Val Waxman.
Gravado e mixado na Toca do pombo entre 2006 e 2007.
Masterizado por Val Waxman.
Arte gráfica por Art Vandelay.
Foto por Josias Baratão.

Contato: interphonemail@gmail.com
Soundcloud BNV: soundcloud.com/boneco-de-vento-records

tags

license

all rights reserved

about

Outono Rio De Janeiro, Brazil

1990's bastard child

contact / help

Contact Outono

Streaming and
Download help

Track Name: Um outro lugar
Veja, eu sei e pode haver
Um outro jeito de não me arruinar
A vida inteira eu quis acreditar
E agora vejo que nada valeu à pena

Viva o meu poder
De tentar viver
Viva o meu poder
De em nada crer

Dê-me então o que valha galgar
Esse teu jeito de destruir
Queria então poder te enxergar
Além das ruínas que eu construí

Solidão, dê-me sua mão
Eu não vou te roubar
Solidão, isso é passado
Eu já estou indo te encontrar
Em outro lugar
E não aqui
Track Name: Minha essência
Tente olhar pra mim e ver além
Do que meus olhos podem te mostrar
Além do que possa parecer
Sou mais do que você pensa
Além dos meus olhos é que está
Toda minha essência

Ainda tenho a vida toda pela frente
Ainda tenho tempo em conta
Pra viver como aquela gente
Além do que possa parecer
Sou mais do que você pensa
Além dos meus olhos é que está
Toda minha essência
Track Name: Véu
Não me olhe mais
Não me veja padecer
Não julgue mal
Não seja quem você quer ser

Leve daqui
Tudo que eu cansei de guardar
Vá como vem
Como tudo que não tem lugar

Tente aguçar além do véu
Do seu olhar
Tente entender o que há depois
Do nosso lar

Mas eu nem sei se vou partir
Cuide bem de quem surgir
Eu vou, mas eu ficarei
Com você

Vem mergulhar no tempo
Vem ver tudo o que há
Tente aguçar além do véu
Do seu olhar
Track Name: Não minta, só finja
Abra a janela
E veja o que vem de lá
Sinta o meu calor
Te seduzir sem te ferir
Vá em meu lugar
E não me deixe te machucar

Ande, fale
Tudo o que tem pra me falar
Não minta, só finja
Ainda tenho os meus calos pra me apoiar
E os versos pra lembrar de um tempo
Que já não existe mais

O que pode acontecer
Se tudo só me traz decepção
O que guardo aqui não são angústias
E nem um coração
Track Name: Insônia
Era sexta, ninguém estava lá
Na hora do jantar me vendo discursar
Quem chegou não viu que eu partia
Com o tiro que sobrou
Da nossa desarmonia

Deve ser só mais um sonho ruim
Só deve ser...

Nada mais nasceu em tal lugar
Só a semente do mal que você plantou
Todos choram lágrimas vermelhas
E isso banha as telhas
Do teu risonho jardim

Por favor só me deixe dormir
Nem sempre há de ser assim...
Track Name: Depois do fim
Sou sempre a mesma imagem
Desvendando sempre o mesmo jardim
O tempo parece passar por mim
Fingir que o bem pode fazer mal
Mentir tentando encontrar o bem
O início se esquece do meio e fim

Ainda faz um tempo eu vi
Vir de lá a esperança
Que é de agora essa lembrança
Faz agora morada em mim

Nada me fez mudar
Nada mudou
Nem o seu amor por mim

Onde está seu brilho, de onde vem
Me encontrar em seus olhos
Ir mais além
Track Name: Lindas flores
Como você vê
Lindas flores não vão mais nascer
Ao vê-las perecer
Não sentirei nada e o que eu posso fazer
Me diz o que fazer
Vivo ao pôr do sol
Onde eu não posso te ver
No meio à escuridão
E fora dela você
Vivo sem querer
Se vivo é sem querer

Saio ao meio dia onde está o sol
Procuro nos teus olhos um lugar melhor
Não paro, sigo em frente
Sem olhar pra trás
Não me conte dos teus sonhos
Que eu não quero mais
Veja só...

Olhe pra você...
Sempre quis de mim
O que eu não pude te dar
Mas veja sempre há
Algo que lhe agrade
E não te faça chorar
Eu quis te ajudar, mesmo sem querer
Fiz das minhas frases
Um lugar pra viver
Mas, veja só você
Lindas flores não vão mais nascer

Brinque comigo mas não deixe viver
Track Name: Silêncio
Vou voltar
Vou emudecer
Ao meu lugar
Vou me esquecer

De que vale eu ser, somente ser
O que tenho pra mim
Quero envelhecer dias sem você
Dias enfim

Suponho o céu
E toda dor se vai
Suporto o sol
Mas sua luz me trai

Seja breve
Me guarde o fim
Esqueça as frases
Que eu te escrevi

Quero alcançar, ter o meu lugar
Ver algo em mim
Quero acordar sem me arrepender
Do que eu não vivi